Armadilhas Para Gostos Refinados


Iscas e Alavancas
Bom, eu não vi aquilo vindo

por Jonathan Palmer
tradução Johnathas Beccon

Alguns armadilheiros acreditam no estilo de armadilhas “quanto maior, melhor”, já afirmado e confirmado. Entretanto, alguns dos melhores armadilheiros preferem a complexidade em seus designs.

Muitas destas armadilhas compreendem múltiplos mecanismos menores e a dificuldade de cada uma é determinada separadamente. Estágios deveriam ser tratados como armadilhas diferentes (por exemplo: através de testes separados de Percepção). Se houver apenas uma CD para determinado teste, ela se aplica a todos os testes para aquela armadilha. Estas armadilhas possuem uma isca incorporada ou então produzem a sua própria quando são acionadas…

Continue lendo

Anúncios

:: Mastering VI ::


RPG Design – A Mágica do Acaso

Uma pedra solta faz com que o pé do oponente deslize, fazendo com que sua projeção potencialmente letal se transforme em um inofensivo tropeço antes que ele seja carregado pela maré da batalha.

O comandante experiente cai enquanto inspeciona as muralhas e quebra uma perna, desmotivando os guerreiros que em breve estarão defendendo estas mesmas muralhas e deixando as decisões de campo nas mãos de um tenente inexperiente.

Uma abertura momentânea nas nuvens deixa um raio de sol brilhar por um instante contra os olhos de um oponente, cegando-o momentaneamente. Por um curto – e fatal – momento, ele não é capaz de ver seu golpe para defender-se.

Hoje em dia isso seria o mesmo que dizer “opa!”, ou “que azarão!”, ou ainda “todo mundo se dá mal de vez em quando!”.

Essa não é a forma como a maioria dos povos ao longo da história teria visto estes sinais. Para eles, o que vemos como “acaso” era a constante intervenção de poderes sobrenaturais; aquele raio de sol era um sinal sobrenatural gritante de graça ou de ira. Afinal de contas, a vida do oponente não fora entregue em suas mãos?

Continue lendo

:: SteamPunk ::


O Que é SteamPunk?

Se você já leu Castelo Falkenstein ou já assistiu As Loucas Aventuras de James West, deve ter ao menos uma noção do que significa o termos SteamPunk. Sendo um sub-gênero da Ficção Científica, que se passa em uma realidade alternativa, o SteamPunk tem uma forte característica visual que nos remete ao Século XIX, com uma imagem da Era Vitoriana de tal forma bem sucedida que sua cultura, costumes e tecnologia foram fortes o bastante para manterem-se por um período muito maior do que de fato ocorreu em nossa história, tornando este período quase permanente.

A característica mais marcante do SteamPunk é sua ambiguidade tecnológica (veja anacronia). Naquilo que chamamos de realidade retrofuturista, é possível perceber a união entre passado e futuro de uma maneira inovadora, onde a tecnologia evoluiu mas por meio de constantes Físicas que favorecem a eficiência da mecânica e o poder da eletricidade, criando assim máquinas nunca antes imaginadas.

Continue lendo

:: Mastering II ::


RPG Design – Ossos do Ofício

A grande maioria concorda que as pessoas DEVERIAM ser capazes de arcar com suas responsabilidades.

A crença de que as pessoas não podem ter um posto a menos que tenham a competência necessária para lidar com ele ainda ronda, apesar da experiência nossa de cada dia nos mostrar que é possível encontrar pessoas que foram promovidas além de suas competências, outras que foram contratadas por nepotismo, ou ainda aquelas que estão simplesmente sobrecarregadas com suas tarefas.

E como lidar com esta situação no mundo do RPG? A solução é inovadora e pode estar bem mais acessível para quem joga Dungeons & Dragons 4Ed. Quer saber como?

Continue lendo

:: Mystery ::


Em meio à pura alvidez da região conhecida como “Fronteiras Prateadas”, no curioso mundo chamado Toril, existe um lugar onde a maldade supera a compreensão humana. Lá, um guerreiro outrora mortal aceita um vil acordo com as forças obscuras dos domínios infernais para tornar-se um imortal. Um pacto terrível é forjado na escuridão, sob a fria aprovação de Auril, tramado qual teia de aranha.

Continue lendo

:: Shadows I ::


Sem muito para escrever por hoje, quero apenas postar um link que será atualizado conforme a imagem for evoluindo.

E viva o Photoshop!

Grupo Shadow
–Atualmente na versão 3.2

__
“Influence, The failing broken time
Cruel Reality,
Emotionless, Your mind draws weak
Arise to die”

Realms of Despair – Siege to Dominate

[☺]Soundtrack

Em breve os relatos da aventura intitulada “Realidade impossível: A recriação da alma!”.

Obrigado.
Por hoje é só.

\\ROOT:\UNIT 7\>[END OF SHADOWS I]\[DAY 14]\> LOGOFF.EXE

.:[END]:.

:: Memories II ::


Quem nunca teve medo na vida? Assim também são nossos heróis. No fundo, todos somos apenas humanos…

“Pai… Pai… Quando você virá me buscar? Serei eu merecedora do meu lugar ao seu lado mesmo se não cumprir com meu único destino… Previsto por poucos, esperado por muitos…? Serei eu digna de estar ao lado do seu verdadeiro ser quando mais um ponto na história terminar, para depois se iniciar novamente…?

Como durante todo esse tempo você, suas lembranças, tão poucas elas eram, meus medos e minhas esperanças puderam me trazer a paz de que eu precisava, e ao mesmo tempo toda a guerra de uma vida, toda a dor de uma paixão que me leva adiante… Não por amor, não por ideal, não por virtude… Apenas pela certeza, a responsabilidade, a dedicação em levar tudo o que você acreditava adiante, tudo o que eu sempre soube que embora não meu, era nosso… Que embora não por ideal, foi feito com o mais profundo amor, pela vontade de fazer com que tudo o que você sempre acreditou valesse a pena, que eu só queria que no final, eu e você pudessemos sorrir juntos, pelo que nós fizemos e buscamos, e com dor, lágrimas, perdas, ganhos, forças e aliados, fizemo-nos acreditar no verdadeiro poder da luz das estrelas… Poder que nos guia através dos mais escuros vales…

Quem somos nós, andarilhos solitários? Aqueles que sempre amarão a tudo, e nunca realmente amarão o que verdadeiramente desejam… Os dragões azuis tomarão os céus, e o poder do relâmpago será novamente a força que guarda aos iluminados… Mas apenas se eu souber… Se eu souber quem somos nós, pai, quem somos nós? Andarilhos solitários que doam as vidas em resposta à crescente escuridão…

Duvidas já não me restam…
Agora, há apenas o medo.”

Lilah Endelieth
[A carta secreta a Valorum]
Paradeiro desconhecido
__
“Before you said goodbye to me
So I wish I knew how… how you feel so guilty
Before you said goodbye to me…
So I wish I said just… I love you”

Kwon BoA – Before You Said Goodbye to Me

[☺]Soundtrack

Não permita que seu coração se sinta só, mostre-lhe que sua coragem está acima de tudo. Mas se seu fardo for pesado demais para carregar sozinho, permita que o carreguemos com você, ao seu lado. Amigos são para estas coisas.

\\ROOT:\UNIT 7\>[END OF MEMORIES II]\[DAY 13]\> LOGOFF.EXE

.:[END]:.