O Grupo Vorpal

Entre as lendas da cidade de Viamão, consta a passagem de um grupo de RPG como jamais houve: O Grupo Vorpal.

Em meados de 1995, na Escola Técnica da UFRGS, The Guardian é apresentado ao GURPS 2ª Edição, o primeiro RPG de sua vida. O sistema era simples para a criação da planilha de personagem, mas o jogo poderia ficar bastante complexo, conforme a quantidade de regras opcionais que o mestre decidisse utilizar. Criou então seu primeiro personagem: Nexus.

Um dia, caminhando próximo ao Shopping João Pessoa, eis que Guardian se depara com um livro curioso exposto em uma banquinha de revistas amarela. Lia-se em caracteres de grafia rebuscada “Karameikos: Terra de Aventuras” e um logo da TSR adornava o rodapé da capa. Iniciou-se ali, naquele momento, a saga do Grupo Vorpal.

Graças a este livro, Guardian veio a conhecer o sistema de Advanced Dungeons & Dragons, ainda na sua segunda edição. Sem recursos para comprá-lo, pediu auxílio a um amigo e dividiram as despesas. Encantados com a riqueza de detalhes, chamaram mais alguns amigos e iniciaram o primeiro jogo, tendo como personagens: Griffin Longbow -o elfo ranger-, Wogal Bogard -o necromante- e Beldar ‘O Bravo’ -o guerreiro-.

O grupo permaneceu unido e muito atuante por mais de 8 anos após sua formação, declinando com o tempo, devido à escassez de tempo dos participantes. Chegou a ter diversos outros integrantes e até mesmo outros personagens criados pelos mesmos participantes, como é o caso de Talber Schtauffen -o clérigo e filho do deus Ziegfried-. Nos tempos áureos, o grupo chegou a jogar até três partidas semanais regularmente, o que propiciou grande desenvolvimento dos personagens.

Com a chegada da terceira edição e posteriormente da edição 3.5 de Dungeons and Dragons, os ânimos do grupo foram reanimados e houveram novos jogos, que marcaram uma grande mudança nos rumos da história de diversos mundos do multiverso, como Mystara, Toril, Oerth e até mesmo Primeva, o mundo criado por Guardian ao longo de 4 anos de dedicação e testes… e muitos, muitos, erros.

A formação final do Grupo Vorpal chegou a ter como membros Shuichi Minamino, Hiei, Talber Schtauffen, Zach, Lyncht Schtauffen, Wogal Bogard, Griffin Longbow, Beldar, Salmos Bogard, Kyrov, Lich Scarlet, entre outros. O jogo final do grupo ocorreu em 2008, onde os componentes originais do grupo foram elevados ao status de divindade heróica (Beldar), deus menor (Griffin), intermediário (Talber) e sobrepoder (Wogal) para assim, encerrar suas carreiras e criar novas possibilidades para os novos jogadores.

Esse não foi o fim, apenas a oportunidade de um novo começo.

CURIOSIDADES:

  • Guardian foi o Mestre de jogo durante todo o tempo de vida do Grupo Vorpal.
  • O nome do grupo se deve, em grande parte, ao ítem “Crystal Dragon”, uma espada longa +3 vorpal que Talber criou através de um desejo bem elaborado.
  • A Crystal Dragon foi a primeira arma de Talber e ele ainda a possui, sendo sua arma divina.
  • Talber tornou-se um Cavaleiro Cósmico durante o AD&D.
  • Não houve uma versão satisfatória para a classe Cavaleiro Cósmico em D&D 3 nem em 3.5, por isso Talber teve que esquecer de um período de seu passado.
  • Talber tornou-se uma divindade após a morte de seu pai pelas mãos de um deus maior. O legado de Ziegfried vive através de seu filho.
  • Griffin é o elfo mais sortudo da história e um dos mais habilidosos! Ganhou um tapete mágico (voador) durante sua viagem -forçada- a Al-Quadim, em uma de suas primeiras aventuras (1998) e o manteve até uma de suas últimas batalhas, quando o tapete foi pulverizado por um raio divino.
  • Griffin foi o único personagem a desvendar o enigma das cores que libertou o beholder chamado “Bola”, um humano amaldiçoado, que se tornou aliado do grupo durante algum tempo.
  • Griffin foi o único personagem a usar um ítem amaldiçoado como arma (e ter resultados bons).
  • Griffin foi o herói que menos possuiu ítens mágicos ao longo de todos os jogos. Isso contribuiu para o desenvolvimento de sua natureza altamente tática e letal.
  • Griffin sempre foi o personagem mais correto do grupo. Também é o mais estimado, juntamente com Beldar.
  • Wogal Bogard foi o mago… digo… Necromante… mais sortudo em testes de saltar, desde o AD&D. Cerca de 98% de seus testes de saltar tiveram resultado perfeito. Os outros 2% o mestre decidiu que não tinham dado certo pra ele não se gabar demais.
  • Wogal Bogard enfrentou o Tarrasque duas vezes!
  • Wogal Bogard já teve um sabre de luz!
  • Um dos maiores colecionadores de ítens mágicos da história, Wogal Bogard chegou a possuir mais de 400 ítens em seu acervo.
  • Wogal Bogard coleciona Colares do Enforcado.
  • Wogal Bogard possuiu o artefato amaldiçoado chamado “Anel do Imortal”, que o prevenia da morte, mas ao custo de uma regeneração extremamente lenta, que lhe atormentou por anos.
  • Wogal Bogard tocou o Órgão Místico de Heward… duas vezes.
  • Wogal Bogard tem o mal de Parkinson (só assim pode-se explicar como ele errou o ataque com a espada do arquimago).
  • Wogal Bogard sabe de todas as coisas que houveram ou que hão de vir.
  • Lyncht foi o Guerreiro/Mago mais famoso que já houve. Segundo os bardos, ele descobrira uma forma para que sua magia Bola de Fogo nunca se esgotasse.
  • Lyncht entregou sua alma a um Balor durante sua passagem pelos Nove Infernos.
  • A afirmação acima é mentira. Lyncht e Wogal mataram o Balor. 🙂
  • As cimitarras de Lyncht são +2 e +3, da explosão de fogo e da explosão de gelo, concedendo imunidade ao seu elemento correspondente. Isso faz de Lyncht um desafio formidável em combate.
  • Concentrando-se por uma rodada completa, Lyncht pode fundir suas cimitarras em uma Gran-Cimitarra +5 da explosão de relâmpagos. Ele ainda fica imune aos elementos anteriores e adiciona eletricidade à sua lista, além de poder disparar raios a uma curta distância. Isso faz dele um fdp.
  • Lyncht possui um pergaminho dourado que lhe permite viajar através de portais para qualquer lugar, inclusive entrar e sair de Ravenloft.
  • Lyncht foi morto por Zach, o paladino, ao tentar tirar Vecna de sua prisão nas brumas.
  • Já era tarde demais. Vecna saiu das brumas!
  • Lyncht voltou do inferno com o objetivo de destruir seus antigos aliados, mas seu coração foi salvo e ele herdou a armadura de Ziegfried.
  • Beldar foi o Guerreiro mais divertido de interpretar durante todos os anos e aventuras do grupo.
  • Beldar casou-se com a deusa Mystra enquanto estava no corpo de Midnight.
  • Com a morte de Mystra, Beldar se tornou um mortal comum (exceto por sua força avassaladora).
  • Beldar voltou a morar com seus pais.
  • Beldar nunca foi burro de verdade.
  • O vilão principal do grupo sempre foi o Lorde Halver Dollows II.
  • Halver matou a mãe de Talber e destruiu a cidade natal de Griffin.
  • Halver escravizou mais de 50 mil pessoas durante seu legado de terror.
  • Halver nunca foi vencido em combates diretos com qualquer membro do Grupo Vorpal.
  • Halver era Imortal.
  • A desgraça do vilão foi enfrentar um grupo muito mais fraco, ainda em AD&D, que possuía um Medalhão da Pura Bondade. Isso o enviou direto para o Inferno, sem resistência.
  • Espelhos mágicos são ítens muito perigosos. Mantenha-se longe deles sempre que puder.
Anúncios

5 Respostas

  1. Griffin foi pulverizado junto com o raio divino que pulverizou o tapete voador. E sobreviveu.

  2. Desatomizem-nos!

  3. Talber, arrebentou a cara de Halver umas qntas vezes e aqle pulha foi derrotado por mim sim!!!

    • Ah! Aquela batalha com as regras da 3.5 não conta. No AD&D ele nunca foi “derrotado” ele sempre enviava alguém pra duelar, nunca era ele próprio. Ele só assinava as obras ao estilo “Halver esteve aqui”. Naquela batalha eu tava analfabeto sobre as novas regras e o Halver tava tri chinfrin, não era nem a décima parte do original…

  4. Beldar não era burro na verdade, era puro de coração!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: