Material já lançado de Dungeons and Dragons 4ª Edição

É incrível a velocidade em que os livros de Dungeons & Dragons são lançados hoje em dia, graças a uma equipe competente e bem organizada, que consegue manter em dia seu cronograma. Para quem vive nos Estados Unidos é certamente uma excelente notícia, mas aqui no Brasil dependemos da boa vontade do mercado nacional de tradutores, que é leeento. Com o objetivo de tornar mais perceptível aos RPGistas essa diferença gritante, fiz uma listagem apurada dos lançamentos da Wizards na área de D&D 4E incluindo os livros, acessórios e cenários para uso de miniaturas (os Dungeon Tiles).

Compare, abaixo, a quantidade de material lançado em inglês (à direita, com as respectivas datas de lançamento) e a quantidade já traduzida (em negrito).

MATERIAL JÁ LANÇADO
(EUA – 01/05/2008) Keep on the Shadowfell – Fortaleza no Pendor das Sombras
(EUA – 01/06/2008) 4th Edition Core Rulebook Gift Set – [Sem tradução] Contém os 3 livros básicos em uma caixa especial.
(EUA – 01/06/2008) Player’s Handbook – Livro do Jogador
(EUA – 01/06/2008) Dungeon Master’s Guide – Guia do Mestre
(EUA – 01/06/2008) Monster Manual – Manual dos Monstros
(EUA – 01/07/2008) Thunderspire Labyrinth: H2 – Labirinto da Espiral do Trovão
(EUA – 01/07/2008) Halls of the Giant Kings: Dungeon Tiles
(EUA – 01/07/2008) Character Record Sheets
(EUA – 01/08/2008) Dungeon Master’s Screen: Acessory – Escudo do Mestre
(EUA – 01/08/2008) Forgotten Realms Campaign Guide
(EUA – 01/08/2008) Pyramid of Shadows: H3
(EUA – 01/09/2008) Adventurer’s Vault – Arsenal do Aventureiro
(EUA – 01/09/2008) Forgotten Realms Player’s Guide
(EUA – 01/10/2008) Deluxe Player’s Handbook
(EUA – 01/10/2008) Deluxe Dungeon Master’s Guide
(EUA – 01/10/2008) Deluxe Monster Manual
(EUA – 01/10/2008) King of the Trollhaunt Warrens: P1
(EUA – 01/10/2008) Streets of Shadow: Dungeon Tiles
(EUA – 01/10/2008) D&D Roleplaying Game Starter Set
(EUA – 01/11/2008) Draconomicon 1: Chromatic Dragons
(EUA – 01/11/2008) Martial Power – Poder Marcial
(EUA – 01/12/2008) Demon Queen’s Enclave: P2
(EUA – 01/12/2008) Manual of the Planes
(EUA – 01/01/2009) Open Grave: Secrets of the Undead
(EUA – 01/02/2009) Dungeon Delve
(EUA – 01/02/2009) Caves of Carnage: Dungeon Tiles
(EUA – 01/03/2009) Player’s Handbook 2 – Livro do Jogador 2
(EUA – 01/03/2009) Assault on Nightwyrm Fortress: P3
(EUA – 01/04/2009) Death’s Reach: E1
(EUA – 01/04/2009) Arcane Power
(EUA – 01/05/2009) Monster Manual 2
(EUA – 01/06/2009) Kingdom of the Ghouls: E2
(EUA – 01/06/2009) Eberron Player’s Guide
(EUA – 01/06/2009) Arcane Towers: Dungeon Tiles
(EUA – 01/07/2009) Eberron Campaign Guide
(EUA – 01/07/2009) Divine Power
(EUA – 01/07/2009) Seekers of the Ashen Crown: H2
(EUA – 18/08/2009) Adventurer’s Vault 2
(EUA – 01/09/2009) Revenge of the Giants: P2
(EUA – 18/09/2009) Dragon Magazine Annual
(EUA – 19/09/2009) Dungeon Master’s Guide 2
(EUA – 20/10/2009) Primal Power
(EUA – 20/10/2009) Prince of Undeath: E3
(EUA – 20/10/2009) Sinister Woods: Dungeon Tiles
(EUA – 20/10/2009) Player’s Handbook – Special Holiday Bundle
(EUA – 17/11/2009) Draconomicon 2: Metallic Dragons
(EUA – 15/12/2009) The Plane Below: Secrets of the Elemental Chaos
(EUA – 19/01/2010) Player’s Handbook Races: Dragonborn – Raças do LdJ: Draconato
(EUA – 19/01/2010) Underdark
(EUA – 16/02/2010) Martial Power 2
(EUA – 16/03/2010) Player’s Handbook 3
(EUA – 16/03/2010) Harrowing Halls: Dungeon Tiles
(EUA – 16/03/2010) Hammerfast: A Dwarven Outpost Adventure Site
(EUA – 20/04/2010) The Plane Above: Secrets of the Astral Sea
(EUA – 18/05/2010) Dungeon Magazine Annual
(EUA – 18/05/2010) D&D Player’s Strategy Guide
(EUA – 18/05/2010) The Slaying Stone: HS1

LANÇAMENTOS FUTUROS
(EUA – 15/06/2010) Desert of Athas: Dungeon Tiles
(EUA – 15/06/2010) Player’s Handbook Races: Tieflings
(EUA – 15/06/2010) Monster Manual 3
(EUA – 20/07/2010) The Dungeon: Dungeon Tiles
(EUA – 20/07/2010) Vor Rukoth: An Ancient Ruins Adventure Site
(EUA – 20/07/2010) Tomb of Horrors
(EUA – 20/07/2010) Orcs of Stonefang Pass: HS2
(EUA – 20/07/2010) Demonomicon: The Book of Demons
(EUA – 17/08/2010) Castle Ravenloft: Boardgame
(EUA – 17/08/2010) Dark Sun Creature Catalog
(EUA – 17/08/2010) Dark Sun Campaign Setting
(EUA – 17/08/2010) Marauders of the Dune Sea
(EUA – 17/08/2010) Psionic Power
(EUA – 21/09/2010) Rules Compendium
(EUA – 21/09/2010) Dungeon Master’s Guide 3
(EUA – 19/10/2010) Gamma World
(EUA – 19/10/2010) The City: Dungeon Tiles
(EUA – 16/11/2010) Dungeons of Dragonfire Mountain: Boardgame
(EUA – 16/11/2010) Gamma World Expansion: Famine in Far-go
(EUA – 16/11/2010) Monster Vault
(EUA – 21/12/2010) Gamma World Expansion: Legion of Gold
(EUA – 21/12/2010) The Wilderness: Dungeon Tiles
(EUA – 21/12/2010) Player’s Handbook Races: Humans

Acho que os próprios RPGistas têm interesse em auxiliar na tradução desses materiais, depende apenas de uma iniciativa da Devir para acelerar o processo de tradução. Sabemos que é caro contratar esses profissionais, mas na maioria das vezes eles sequer dão retorno ao grande público… se houvesse um interesse em aproveitar tanto pessoal que traduz material RPGístico de graça por aí, proporcionando algum tipo de incentivo, estou certo de que poderíamos aumentar consideravelmente a proximidade com o mercado internacional. Meu interesse não é negativar a imagem da editora, mas tentar auxiliá-la e auxiliar os jogadores de D&D que não tem conhecimento do idioma inglês ou espanhol. É uma idéia.

Quer deixar sua opinião?

Escreva um comentário!

Anúncios

8 Respostas

  1. Só queria dizer que “traduzir de graça” não significa necessariamente “traduzir bem de graça”. A tradução é uma habilidade que precisa de preparo, conhecimento, estudo e prática. Apesar de alguns tradutores amadores serem extremamente capacitados, isso nem sempre acontece. Já li “belas porcarias” feitas por bem-intencionados tradutores, assim como já li coisas de grande qualidade. A editora, obviamente no caso a Devir, busca tradutores de qualidade, e não poderia traduzir todos esses livros porque teria de pagar royalties de tudo, o que sairia muito caro. Na verdade, nenhuma editora do Brasil traduz pouco por falta de tradutores, mas por falta de dinheiro para publicar tanto.

    • Nesse caso acho que o melhor é eu protestar contra o governo, para que reduzam as taxas de importação de livros, hehehe (eu tenho que confessar que não pensei nos royalties quando escrevi esse post).
      Quando escrevi, me baseei no fato dessa diferença de tempo gritante que temos no schedule de tradução brasileiro. Tenho que dar meus parabéns à Devir, que vem melhorando a qualidade do material nas últimas edições, mas gostaria que houvesse mais material traduzido.
      Estou buscando uma solução, uma forma de colaborar para melhorar isso.
      Sugestões?

  2. Cadê o Dungeon Master´s Guide 3?

    • Opa! E não é que eu tinha pulado esse!?
      Já adicionado!
      Obrigado Medonho.

  3. Amigão… Você esqueceu de uma variação primordial: economia.

    O acesso ao dinheiro e os preços dos produtos, bem como a absorção destes, são realidades completamente diferentes.

    Gilson

    • Obrigado pela participação, Gilson!

      Tenho consciência de que nossa economia não é voltada para o consumo da mesma forma que a dos EUA o é, no entanto, o que relato aqui é a falta de incentivo para um aumento nesses números.

      Investimento gera crescimento.

      É possível perceber o quanto as coisas têm melhorado nos últimos anos no mercado brasileiro de livros, mas acho que os próprios RPGistas carecem da iniciativa necessária para auxiliar na multiplicação desses resultados.

      Eventos como a World RPG Fest movimentam as coisas e ampliam consideravelmente a quantidade de possíveis futuros compradores. Onde estão os eventos grandes ligados ao RPG? Onde estão os movimentos de conscientização contra a pirataria de material de RPG? “Hoje em dia todo mundo só quer baixar pdf e não quer comprar os livros originais”, é o que muita gente diz, mas não fazem nada para incentivar a compra de material original…

      É a isso que me refiro aqui.

      Busco idéias para contribuir, somar, melhorar.

  4. Falta incentivo porque RPG é pouco lucrativo. Simples.

    Converse, ainda que por email, com Jaime Daniel ou Douglas D3 ou qualquer pessoa que tenha algum negócio.

    Gilson

    • Não estou falando aqui de fazer mágica, sei que não se faz esse tipo de coisa do dia para a noite, mas daí a dizer que RPG não é lucrativo… existe gente que sabe investir e gente que não sabe.

      Existem milhões de empresas no Brasil, algumas dão lucro, mas a maioria fecha em menos de 2 anos… e isso não se deve ao negócio não ser lucrativo, trata-se de não saber investir. A cultura empresarial do brasileiro é fraca.

      Vou conversar com o pessoal que tem loja de RPG e com o pessoal das editoras e farei uma nova matéria. Obrigado pela dica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: