:: Natal ::

 

Promoção Fim de Ano Paragônico

Nesse Natal me aconteceu algo inusitado: Resolvi que deveria fazer um discurso.

Eu nunca fui do tipo que gosta de chamar a atenção, embora sentasse sempre na primeira fileira desde os tempos de escola, nunca fui daqueles que dizem “deixa que eu leio professora” quando ela perguntava se alguém tinha vontade de ler o texto, tampouco me pronunciava quando era preciso reivindicar algo, mas de uns tempos pra cá venho sentindo essa curiosa sensação de que é preciso fazer algo, de que é necessário se fazer ouvir. Então fui em frente. Escrevi este discurso e li durante a Ceia, depois de passar um bom trabalho pra conseguir reunir todos os presentes. Transcrevo-o abaixo.

Acho muito legal estarmos todos reunidos, pessoas que já há algum tempo eu não via reunidas em um Natal, desfrutando de um momento tão “família”. Por que família é assim. Se reúne pra bater um papo, contar as novidades, assistir a um pôr-do-sol, tomar uma cerveja, jogar uma bola, assistir algo na TV… família é fazer aquele churrasco tão gostoso que já sentimos o sabor antes mesmo de tirar do espeto, sair para um passeio, sem saber ao certo onde se está indo, mas tendo uma certeza em mente: onde quer que estejamos indo, iremos juntos.

O Natal pode ter se tornado uma data comercial, mas não é por isso que as pessoas se reunem; é por que é gostoso estar junto das pessoas que tanto amamos e que algumas vezes, mesmo estando lado-a-lado, não temos a oportunidade de falar sobre aquilo que aconteceu com a gente ontem mesmo. O Natal tem um significado enorme para pessoas que, como nós, estão reunidas, ou melhor, para pessoas que tem a oportunidade de reunir-se, por que isso não é para todo mundo não.

Quantas pessoas passam essa data longe de suas famílias, com saudades, sem poder dizer olhando nos olhos aquele “Feliz Natal”? E até mesmo aqui, entre nós, acho que todos já passaram por essa sensação, ou quase todos… E tem aquelas pessoas que ficam em nosso coração, em nossos sonhos, fazendo votos de que este Natal seja melhor e o próximo, melhor ainda. É o que todos queremos, não é mesmo?

O Natal é um sinal de fartura para nós. Provamos a nós mesmos que é possível superar nossa fragilidade, lutar a cada dia de um ano onde houveram constantes ameaças, riscos vindos de todas as partes do mundo. Mas nós estamos aqui, comemorando, rindo, festejando. Vencemos. Somos vencedores. Os presentes são prêmios a estes vencedores; pequenas demonstrações de afeto, de carinho, de esperança.

Durante o tempo de nossas vidas, vivemos experiências inigualáveis. É um tempo breve em que ofertamos a cada pessoa o melhor que há em nós. Esqueçamos as mágoas, os ressentimentos, tudo o que não é bom. Pois o pensamento é nossa grande força e essa força se multiplica quando o empregamos de maneira positiva. Prometam a si mesmos que, de hoje em diante, toda vez que algum pensamento “não-bom” lhes ocorrer, lutarão contra ele e transformarão o que não leva a lugar algum em algo positivo, que vale à pena ser dito e portanto, ser ouvido. Não digam o que não deve ser feito, mas ofereçam uma solução. Evitem alterar seu tom de voz para serem ouvidos, e ouçam mais àqueles que desejam falar. Não digam que não há solução. E se você pensar que está a ponto de explodir, pare imediatamente, dê uma volta na quadra, beba um copo d’água e então volte a pensar sobre o assunto. Não deixe que algo “não-bom” lhe vença.

Lembre-se que o que é bom é duplicado quando passado adiante, mas o que é “não-bom” é quatro vezes mais forte sobre nós mesmos do que sobre o alvo verdadeiro.

Vamos ser melhores, a cada dia, juntos. Comecemos hoje. Comecemos agora.

Natal também é a mudança em nossos corações, e como mudamos ao longo desse ano que está chegando ao fim, não é mesmo? Cada dia melhor, foi isso que eu prometi a mim mesmo e tem sido muito bom. Acreditem também, façam acontecer.

Feliz Natal a todos.

Espero que vocês, leitores, também gostem da mensagem, mas não apenas pelo prazer da leitura, mas pela consumação da lição que aí reside. Sejam vocês, também, parte da mudança.

São os votos do Domínio do Caos a vocês.

Um grande abraço e até breve!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: