:: Secrets I ::

Meus dias são cercados de luz mas ela não me agrada, sou um filho da escuridão como sempre fui, a lua é minha guia e ela é quem me mostra o caminho. Não a lua cheia que reflete a luz do sol, mas a lua negra que oculta os seus doces segredos que um dia hão de ser revelados.

“Devora-me ou decifro-te…”

Não sou uma esfinge, mas tenho meus mistérios, meus segredos. Não pense que isso é fácil de descobrir, enigmas podem ser muito mais complexos do que você imagina.

Continuando a história eu vou dar mais uma amostra grátis, hehehe.

[#]Five Destinies – Intro (parte 2)[#]

Dalamar sorriu, um meio sorriso que mantinha seus lábios finos como um risco torto no final – “…este rapaz foi encontrado pelo que tudo indica junto a um cadáver próximo do porto. Foi detido pelos guardas quando tentou fugir.” – Nirgan suspirou, esse não era o tipo de missão que ele esperaria de seu mestre, afinal de contas, desde quando a Igreja da Noite se aliava aos Lordes para salvar alguém? Será que Dalamar estava louco? Como se pudesse ler seus pensamentos o elfo se levantou da cadeira e olhou Nirgan nos olhos – “Você entende que os anseios de nossa grande mãe são muitas vezes misteriosos até mesmo para nós não é verdade?” – Nirgan assentiu com um movimento da cabeça – “Então você deve saber apenas o que eu lhe comando e compreender que o que vem de mim é a vontade divina manifestada.” – De fato Nirgan via seu mestre como uma figura quase divina desde que fora salvo por ele há oito anos atrás, Dalamar não exibia a luz que os outros emanavam aos seus olhos, não estava morto nem vivo, não havia a morte em seu futuro, para Nirgan ele era eterno. – “Sim Dalamar, eu compreendo. Perdoe as dúvidas deste humilde servo.” – Dalamar apenas sorriu.

A luz que iluminava o aposento era fraca, vinda de velas negras em um pequeno altar logo atrás da mesa escura. O manto de Dalamar esvoaçou quando ele se virou, mas a chama das velas nem mesmo se moveu, tão suaves e leves eram seus movimentos. Sua voz era forte e amaciada como um veludo, sua altura estava acima da média para os elfos e sua pele era muito branca, quase translúcida. Poucas coisas eram conhecidas sobre sua origem ou como ele havia chegado a esse posto na Igreja da Noite, alguns diziam que Dalamar era um Elfo das Estrelas, o que quer que isso fosse. Ele havia vindo para a Igreja naquela noite junto com um garoto muito pálido e assustado, foi um dia depois do desaparecimento do antigo regente. Oito anos haviam se passado desde então, o garoto se tornara seu pupilo nas artes arcanas e desenvolvera uma aptidão sobrenatural para lidar com a necromancia ao mesmo tempo que era colocado junto aos aprendizes do clericato. Dalamar fôra um tutor inflexível, rápido para punir distrações e difícil de impressionar, apenas o avanço de Nirgan parecia satisfazê-lo de alguma forma e os outros aprendizes sentiam-se incomodados por essa preferência de seu tutor por um aluno tão fraco e débil. Mas Dalamar não o protegia, muito pelo contrário, ele fazia com que vissem Nirgan exatamente dessa maneira, foi isso que o tornou mais forte.

[#]To be continued…[#]

__
“Lonely again
Perish the heat
Succumbing breath
Last but not least
Die or slay
Hide on the field
Perceiving eyes
Hunting the prey”

U2 – Hunters and Prey

[☺]Soundtrack

Assim começa a jornada de Nirgan. O que o aguarda em sua jornada ainda está para ser revelado. O que será que Dalamar espera com tal prisioneiro? Quais serão suas habilidades? Ninguém sabe o que espreita na noite…

\\ROOT:\UNIT 7\>[END OF SECRETS I]\[DAY 3]\> LOGOFF.EXE

.:[END]:.

Anúncios

Uma resposta

  1. “Quatro destinos restarão quando o coração for quebrado…
    Três quando a lâmina for quebrada sob a lua cheia…
    Dois quando a luz se estingüir para sempre…
    Só um no final… Sem destino afinal…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: